terça-feira, 16 de abril de 2013

Trilhando

Participei na semana passada do I SINGPAD do CONARQ, este tipo de evento serve como auto-ajuda profissional pois apresenta um panorama sobre o futuro profissional e ajuda a sanar aquelas dúvidas técnicas. Foi muito proveitoso e que venham os próximos. Aproveitando que eu estava no Arquivo Nacional, resolvi fazer uma pesquisa sobre a EFM e sobre a Misteriosa Estrada de Ferro de Cabo Frio.

Ontem eu estive em contato com os mapas descritos no SIAN, foi sensacional. Pedi a digitalização de quase todo o material. Lá pude observar detalhes importantes sobre a EFM e ainda descobri que em diversas estações havia um triângulo de manobras. Em breve mais informações.

No sábado estive na ABPF-RJ para botar meu trem para rodar e visitar o pessoal também. Vi que estão realizando obras na maquete. Pena que não pude ficar mais tempo, mas foi suficiente para ver a SD40-2 em movimento.

 Um Cargueiro Geral com uma U23C da RFFSA.

                                          A frente deste cargueiro com a U23C na cabeça.

 Maquinista atrasado passa ao fundo.

 Minha SD40-2 passando na ponte...

 e aqui com velocidade.

 O trem lá no fundo

 Esse é um dos trechos que eu mais gosto na maquete.

Aguardando a liberação.

O fotógrafo pulou a cerca para registra-la mais de perto.

Teve que parar por alguns instantes no pontilhão.

Ué a Santa Fé parada no Brasil?!

Passando pela REDUC.

Aqui não é o ponto de parada.

Saindo do Túnel.

Pausa para a foto

Essa está parada aí sem passageiros.

Chegando no destino final.

Última foto.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Retornando

Caros leitores,

tenho tido pouco tempo para dedicar ao blog, fato que todos podem acompanhar pois a última postagem foi no dia 18/11/2012. Isso não significa que não tenho trabalhado no conteúdo para as postagens do EF Maricá, mas que o tempo e a depressão tem atacados implacavelmente. Depressão originada por causa do meu trabalho que por dificuldades e pulso frouxo do comando, tem caído em quase todos os colaboradores de todos os setores. Aguardamos dias melhores.

Fica difícil atualizar o blog com notícias interessantes ou mexer na estrutura do blog que é bem frágil e pouco chamativa. Embora tenho estudado e buscado aprender sobre ferramentas para programar e colocar o website EF Maricá nos trilhos, ainda irá demorar um bocado.

Notícias tenho aos montes, novidades idem, tempo tem sido escasso e depressão aos milhares. Até para escrever essas poucas linhas tenho tédio. O que vai ainda piorar no número de visualizações no blog. Mas vamos ao pequeno resumo de boas e más notícias do início de 2013:

1 - O FÓRUM TRILHOS DO RIO está bombando na Rede e isso tem atraído ainda mais a atenção para a causa ferroviária; BOA NOTÍCIA!

Acho que essa imagem representa bem o Fórum


2 - O GRUPO CONFRARIA DO TREM decidiu construir uma maquete (BOM), mas as dificuldades em conseguir um bom espaço a um preço baixo tem dificultado e complicado o relacionamento entre os membros (PÉSSIMO), isso emperra muito o início da construção da maquete do COVIL DO TREM;

Da esquerda para a direita: J. Oscar, Márcio, Paulo Dias, Ricardo Reis, Rafael Braga, Não sei quem é, Kleber, Reinaldo Montressor, O amigo de Teresópolis e Eu, o Caboose


3 - DESMONTEI de vez a pequena Maquete da EFM, o madeiramento empenou e os trilhos e desvios Frateschi demonstram a sua péssima qualidade, junto a isso, a aquisição de duas vaporosas medíocres me fizeram tomar essa decisão. Agora estou órfão de colocar um "trem para rodar" e fico desejando que chegue logo o último sábado do mês para ir na Maquete da Fábrica. (PÉSSIMA NOTÍCIA);

Com tristeza que me despeço desta linda maquete


4 - FUI PARA PARANAPIACABA, foi uma pequena viagem mágica aonde pude descansar e colocar o sono em dia. Aproveitei muito pouco, mas pude matar a vontade de conhecer esse lugar fantástico. O trágico foi que eu tive um pequeno problema com o meu banco e tive que me desdobrar para conseguir comprar alguma coisa lá. As lojas, ou melhor, os mercadores não ofereciam o tipo de material que eu queria comprar. Consegui comprar apenas uns 4 HAT de minério da Frateschi padrão RFFSA. Mas o que eu queria eram os Carros de Passageiros de Aço Carbono da RFFSA. Esse fica para a Próxima Postagem.

Queria esse cap, mas ninguém me informou aonde vendia.
Alguns dias depois liguei para a ABPF - SP e ninguém soube me informar.


5 - REALIZEI o sonho de ter uma SD40-2, o legal é que veio com DCC de fábrica (HUPF!!! Não tenho esse equipamento). EXCELENTE NOTÍCIA!

Fotografia na maquete da ABPF-RJ


6 - O Facebook tem sido uma excelente ferramenta para divulgação da história e da memória ferroviária. Como exemplo, posso citar as páginas Memória de São Gonçalo e Niterói Antigo que possuem um excelente material para pesquisa e divulgação da História Fluminense. Isso comprova que Rede Social não significa um espaço apenas para coisas inúteis ou pessoas fúteis. Se você, caro leitor, possui isso em mente, acredite, precisará mudar as pessoas em sua rede.

6.1 - No Facebook tenho contato com mais ferromodelistas, assim posso matar a vontade através das imagens das maquetes e dos modelos dos amigos da Rede Social, renovando a minha vontade de possuir uma nova maquete muito mais funcional.

Meu avô na construção da Ponte Rio - Niterói
Essa imagem está na página Niterói Antigo.


7 - ATÉ QUE FIM CONSEGUI COMPRAR OS PARAFUSOS PARA KADEE. No último encontro da Confraria consegui colocar minha SD40-2 com os vagões de carga fechada para rodar, uma pena que só rodaram 4 vagões pois o 5° estava sem truques, agora consegui os truques para esse quinto vagão e terei condições de formar um trem da RFFSA de verdade. Um Autêntico Carga Geral da década de 90.

8 - O MUSEU DO TREM VAI REABRIR - A MELHOR NOTÍCIA DE TODAS!!!!

Em breve novidades