sábado, 28 de junho de 2014

O dia em que eu morri!!!!

Meu tempo tem ficado bem escasso. Alguns e-mails não são mais lidos e nem respondidos. O trabalho engrenou legal e por fim, EU CASEI.

Me mudei também e, com isso, fiquei sem espaço para uma futura maquete. Embora eu pretenda construir uma pequena maquete de 1,20m por 0,90m que posso considerar como sendo um diorama funcional (um oval com um desvio morto) em escala HO. Mas confesso que a ideia já foi pro saco de lixo a muito tempo. Ano passado houve um pequeno rebuliço para que fosse construída uma maquete coletiva aqui no Rio, mas a ideia não foi pra frente pois houve mais palavras e promessas do que ação. Foi feito um esforço de uma parte, mas o grupo que tinha se formado queria atropelar tudo e acabou sendo mais ideia indo pro saco.

O fim de 2013 e o primeiro semestre de 2014 não ficaram tumultuados, como eu curto muito fazer obra e me dedico a isto, não faltou serviço na casa nova. Todo final de semana e feriado eu estava empenhado em alguma tarefa como lixar e pintar uma porta, instalar uma prateleira, uma tomada... e olha que a casa é bem pequena. Com isso acabei tendo pouco dinheiro para colocar no modelismo, pois as despesas com a casa foram grandes e até o momento tem uma ou outra coisa para comprar. Mas descobri o prazer de fazer algumas coisas com madeira e isso já me rendeu bons elogios e expressões do tipo: "Foi você mesmo que fez?!" "Não brinca, nem parece que foi você."



Tá, chega de bravatas, se eu ficar contando o que já aconteceu irei encher páginas e mais páginas e deixarei vocês de sacos cheios como estórias insossas da minha vida. Vamos focar no título da postagem neste momento...

... Acontece que algum engraçadinho (que é um conhecido próximo) divulgou nas listas de discussões de ferreomodelismo e modelismo que eu havia sofrido um acidente e partido para o além... Ou seja... Que eu havia embarcado naquela motoca da pegadinha da caveira e ido para as profundezas do além. Isso foi algo muito ruim, deu um susto desagradável em muitos amigos eme deixou com uma sensação muito grande de mal estar. Tive que me controlar quando eu descobri quem foi, pois quase mandei ele para as profundezas do além.

Mas até esse momento em que escrevo estou muito bem e isso é o que conta.

Fiquem agora com a caveira na moto:


Em breve tem mais novidade.

 


Tirando um projeto do papel.

Não se assustem com essa imagem. Não é o Drº Frankenstein criando nada, só estou começando um projeto que a muito está engavetado.



                                                        Aguardem que vem novidade.

Atualização em 05/02/2015: Este projeto está engavetado ainda,